A revolução é um acto de amor criar PDF versão para impressão
26-Set-2008
A revolução é um acto de amor, amor pelo que é subjugado, oprimido, pelo que não tem voz. Primeiro vem o amor, depois o poder. Nunca o poder absoluto e totalitário, mas o poder que confere a dignidade a quem nunca teve o poder.
Opinião de Pedro Frazão de Oeiras
Ler mais e comentar...
 
Pela aplicação do princípio de precaução, em defesa da saúde pública criar PDF versão para impressão
25-Set-2008
A lei vigente permite que as linhas sejam construídas na ausência de medidas que evitem ameaças, potenciais e plausíveis, à saúde dos habitantes, ignorando um princípio basilar que deveria estar no cerne de qualquer decisão: o princípio da precaução.
Opinião da nossa leitora Ana Sartóris, de Almada.
Ler mais e comentar...
 
Qual a tua opinião aluno? criar PDF versão para impressão
24-Set-2008
Os alunos esses bonequinhos amestrados pelo ministério da educação e pelos órgãos de gestão das escolas são completamente desrespeitados em termos de intervenção politica e crítica directa nessas mesmas escolas.
Opinião do nosso leitor João Mineiro da Covilhã.
Ler mais e comentar...
 
Mais vozes se façam ouvir criar PDF versão para impressão
22-Set-2008
Quando uma classe como a dos professores, está de facto resignada e com medo, como sem mordaças a docente Maria do Carmo Vieira, que lecciona no secundário há três décadas, frontalmente assume e denuncia em entrevista à Noticias Magazine n.º 851, algo vai mal na educação e naturalmente no país que há três décadas viveu uma revolução em que se conquistou a democracia.
Opinião do nosso leitor José Lopes de Ovar.
 
Festa do Avante- Reflexão criar PDF versão para impressão
19-Set-2008
Este ano, as parangonas noticiosas de vários órgãos de comunicação, sugeriam um espectáculo de ópera como sendo a grande atracção a exibir. (...) Este espectáculo teve infelizmente de ser cancelado devido à chuva. Após um cancelamento que todos os artistas envolvidos lamentaram, estava no entanto reservada aos músicos da Ginásio Ópera uma grande estupefacção: na altura da realização dos pagamentos contratados, aperceberam-se de que todos aqueles músicos que tinham sido convidados para actuar como reforço, iriam receber pelo mesmo espectáculo uma remuneração superior em 50 € cada.
Opinião de um leitor devidamente identificado, que pediu o anonimato.
Ler mais e comentar...
 
Onda de violência criar PDF versão para impressão
19-Set-2008
Enquanto sócio fundador do SOS Racismo, entendo que a Embaixada de França devia elaborar um protesto contra a Imprensa portuguesa pela forma discriminatória com os seus concidadãos em Portugal são tratados.
Há algumas semanas que espero trabalhos jornalísticos sobre a comunidade francesa, após o crime cometido por um cidadão francês contra um proprietário de uma superfície comercial, na zona de Leiria.
Opinião de José Falcão.
Ler mais e comentar...
 
Vida Assistida \"Cuidados Paliativos - Direito ou Prémio de Consolação? criar PDF versão para impressão
18-Set-2008
Nossos pacientes ainda se encontram à margem do que é preconizado pelo Ministério da Saúde:
... o alívio dos sintomas; o apoio psicológico, espiritual e emocional; o apoio à família; o apoio durante o luto e a interdisciplinaridade.
Nos corredores dos hospitais, nos quartos mais reservados, a morte é abafada... O pacto do silêncio se faz presente - pacientes e familiares, sem o devido suporte emocional, sofrem calados, sem possibilidades de elaborar os seus sentimentos e assim minimizar a sua dor.
Opinião da nossa leitora Ana Cristina Silva.
Ler mais e comentar...
 
“Poupar” na Saúde não compensa, que o digam os hemofílicos… criar PDF versão para impressão
16-Set-2008
Os hemofílicos são os cidadãos que mais carregam a dor das consequências de politicas submissas a critérios de poupança, que na saúde não compensa. Testemunham as memórias ainda não muito longínquas do drama que se abateu sobre muitas dezenas de famílias de hemofílicos, como resultado dos famigerados lotes infectados com HIV.
Opinião do nosso leitor José Lopes de Ovar.
Ler mais e comentar...
 
Existirá Democracia quando o povo é ameaçado com o ressurgimento de uma Guerra? criar PDF versão para impressão
09-Set-2008
Foram anos e anos de colonização, anos e anos de guerra, anos e anos de opressão, anos e anos de mentiras, anos e anos de pobreza… será Angola finalmente um país Democrático? A opinião do nosso leitor João Mineiro, da Covilhã.
Ler mais e comentar...
 
Que exercício de cidadania nas escolas? criar PDF versão para impressão
25-Ago-2008
Como fazer com que a escola se assuma, enquanto espaço privilegiado, se a campanha lançada brutalmente contra a escola publica fez retroceder a democratização no seio das escolas, desmoralizando e desacreditando os seus agentes, cujo exercício de cidadania que lhes incutem agora é a necessidade de estarem permanentemente alerta e despertos para os despachos, as circulares ou os decretos-lei...
Opinião do nosso leitor José Lopes de Ovar.
Ler mais e comentar...
 
Tempos difíceis que vivemos no nosso país... criar PDF versão para impressão
11-Jun-2008
Venho por este meio, repartir com os portugueses a minha indignação acerca dos dias difíceis que vivemos no nosso país: desemprego...custo de vida a subir todos os dias...já não falando nos impostos, que o nosso governo carrega em cima dos que menos podem.
Opinião da nossa leitora Céu Vieira
Ler mais e comentar...
 
Outras pescas, outras coisas criar PDF versão para impressão
11-Jun-2008
Na recente questão das pescas muita coisa foi metida no mesmo saco.
Disse-se muita treta, deitou-se poeira nos olhos. Assim é o governo que temos, continuador dos governos que tivemos.
Opinião do nosso leitor José Pedro Fernandes.
Ler mais e comentar...
 
<<  <  | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 |  >  >>

Resultados 61 - 72 de 124
tit_otaemdebate.png
tit_esquerda.png
Esquerda 40: Não tem que ser assim
Leia aqui o jornal "Esquerda"
Clique na imagem para aceder ao Esquerda 40 em pdf
Outros números do jornal Esquerda
Assinatura do Jornal Esquerda
Participe
Crise Financeira Mundial
Reforma de 186 euros, depois de trabalhar 35 anos
O nosso leitor Armando Soares, conta-nos a revolta da sua esposa: "com a mesma idade que eu (60 anos) começou a trabalhar antes dos 10 anos, a descontar aos 14, sempre trabalhou, sempre descontou, até que um dia tinha ela 50 anos, o patrão resolveu fechar a empresa (...) Terminou o desemprego próximo dos 55 anos, meteu reforma antecipada, ganha actualmente 186 euros, trabalhou uma vida 35 anos, qualquer rendimento é maior do que o ordenado dela (...)".
Publicamos ainda opiniões de Luís Peres e José Lopes.

Ler Mais
Educação em Debate
© 2017 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.