Memória dos tempos que passam criar PDF versão para impressão
26-Jan-2009
Alice BritoLá chegou finalmente o dia 20 de Janeiro.
Para trás ficaram oito anos cansados e empanturrados de mau viver.
No ano 2000, quando foi eleito pela primeira vez, Bush tinha prometido o paraíso aos americanos.

Um paraíso devidamente loteado, claro, a ser vendido a preços baixos, com spreads obviamente divinos, e do tamanho do mundo, palavra pela qual as sucessivas administrações americanas têm uma apetência enamorada.

Depois foi o inferno que se conhece.

O mundo, entretanto, fascinado agora pelos presságios felizes que um Obama glamoroso assegura, percorre os dias que passam com os olhos suspensos nas televisões.

Ouve a seda retórica de boa qualidade que veste os discursos do novo Presidente, espreita os bailes acetinados e luminosos em que os pares dançam felizes como num conto de fadas encenado por Hollywood, escuta as multidões torrenciais que emocionadas ovacionam o príncipe de todos os sonhos de improvável cumprimento.

Numa palavra, a América prepara-se para esquecer Bush e a sua pandilha, da mesma forma que o mundo se prepara para se distanciar distraidamente dos oito anos selvagens que antecederam o espectáculo monumental a que agora se assiste.

O mundo neoliberal em que vivemos, pretende um planeta sem memória, submerso por uma amnésia colectiva, com uma consciência acrílica, descartável, tão efémera quanto possível, à semelhança da instantaneidade dos media que se pretendem referentes.

A apatia militante face ao passado, é o grande instrumento da negação da justiça, é o arquivamento da memória, é a permissão do esquecimento da barbárie, é a interdição da experiência.

De Bush sabemos agora que regressou ao rancho no Texas, pátria dos cow-boys.

Se a memória nos não falhar, dele se dirá que foi o homem que transformou o mundo num western tenebroso.

Alice Brito

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.