E Elisa? Idem criar PDF versão para impressão
28-Jul-2009

João Teixeira LopesJá sabemos que a candidatura de Elisa Ferreira se derrotou a si própria, praticamente desde a génese: a protagonista é já deputada ao Parlamento Europeu e apenas assumirá mandato autárquico se ganhar a contenda. Ou seja, como Senhora Presidente da Câmara. Ora, como desde o início, precisamente, se percebeu todo o carisma da derrota, ninguém vai votar, por acréscimo de razão, em quem não quer ser eleito. Se Elisa não fica vereadora, de que vale a pena votar nela?

Mas há razões mais substantivas. Elisa desistiu de combater Rui Rio. O edil quer o Palácio de Cristal sem lago, sem tílias e privatizado em prol da Associação Empresarial Portuguesa. Elisa, idem. O Vice-presidente de Manuela Ferreira Leite só concebe a autonomia do aeroporto Francisco Sá Carneiro através do modelo da privatização. Elisa, idem. O iluminado autarca que publica dezenas de fotografias suas em cada edição da revista camarária defende uma sociedade de reabilitação urbana sob um regime excepcional de actuação que impede a participação pública cidadã e promove a falta de transparência e as negociatas. Elisa, idem. O Presidente da Câmara do Porto quebrou a sua promessa de não construir no Parque da cidade. Elisa, sem nunca referir que a origem do problema reside nos autarcas do PS que antecederam Rui Rio, acusa-o de «comer pedaços do parque» mas contrapõe, como solução....a construção noutra frente do parque!

Em suma: não contemos com o PS para combater Rui Rio. É triste mas tem a vantagem de ser claro e de toda a gente o perceber.

João Teixeira Lopes

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.