A propósito da cimeira do G20 criar PDF versão para impressão
21-Set-2009

Miguel PortasEm Portugal, os lucros da banca no primeiro trimestre, comparados com os de igual período no ano passado, antes do crash bolsista, cresceram 18%.

Mas mais do que esses lucros, cresceu o desemprego - 20 por cento.

Portugal não é excepção, mas um dos muitos exemplos do fracasso da promessa da cimeira do G20 em Abril passado - a de que responderíamos à crise com "uma Nova Ordem Económica" capaz de construir um mundo menos injusto.

50 milhões de novos desempregados e 200 milhões de novos pobres provam que não está a ser assim.

Por isso me dirijo à Comissão e à ministra Malstroem: claro que os bónus para os gestores e legislar sobre os hedge funds é importante. Mas mais importante seria que decidissem sobre o que aqui não fui capaz de ouvir:

O fim dos paraísos fiscais, o fim do segredo bancário e o principio da taxação sobre as transacções financeiras em bolsa.

Querem que as pessoas acreditem? Façam qualquer coisa de decente e que se veja. E façam rápido.

Miguel Portas, intervenção no Parlamento Europeu a 16 de Setembro de 2009

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.