Frente Ampla de esquerda pode vencer no Uruguai criar PDF versão para impressão
25-Out-2009
José Pepe Mujica deverá ser o próximo presidente uruguaioAos 74 anos de idade, o antigo guerrilheiro tupamaro, José Pepe Mujica, prepara-se para assumir a presidência do Uruguai. Apesar da vantagem da Frente Ampla (de esquerda) indicada pelos estudos de opinião, não é certo que Mujica consiga ser eleito à primeira volta. As sondagens apontam para que o seu resultado se situe à volta dos 45%.  

Praticamente arredado da vitória está o candidato conservador, Luis Alberto Lacalle, de 64 anos, que já ocupou a presidência no início dos anos 1990. A sua linha política extremamente conservadora deve ser rejeitada pela maioria dos uruguaios.

Depois de um mandato de Tabaré Vasquez – o actual presidente que avançou nas áreas de educação e saúde e implementou planos de assistência aos trabalhadores de baixos rendimentos – devem apostar em Mujica, do mesmo partido de esquerda (Frente Ampla).

Pelo menos, a julgar pelas taxas de aprovação superiores a 60% que o ainda presidente recolhe junto da população. Um capital de simpatia que Mujica, um admirador do presidente brasileiro Lula da Silva, pretende aproveitar, garantindo que uma vez no poder, seguirá com as políticas do seu antecessor, que levaram a que os níveis de pobreza tenham diminuído de 34% para 20% e que a taxa de desemprego tenha caído dos 13% para os 8%.

No domingo uma ameaça de bomba atrasou os escrutínios em duas mesas de voto em Montevideu, mas parece não ter passado de uma “piada de mau gosto”, nas palavras de um ministro da Corte.

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Participe
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.