Sim reforça mobilização criar PDF versão para impressão
12-Jan-2007

DOMINGO, ASSEMBLEIA DE TODOS OS MOVIMENTOS EM AVEIRO
Sim para acabar com a humilhaçãoOs movimentos pelo Sim à despenalização reforçam a mobilização e no próximo Domingo realizam uma grande assembleia em Aveiro, no Palácio dos Congressos a partir das 15h, onde vão estar presentes todos os movimentos. (Francisco Louçã escreve sobre a campanha)
Ontem o movimento Médicos pela Escolha clarificou que não existe um síndroma pós-aborto, como alegam partidários do "não" que divulgam estudos enganosos. Os estudos da comunidade científica internacional são claros ao não estabelecerem a existência de um síndroma pós-aborto, demonstraram em conferência de imprensa diversos especialistas em psicologia e psiquiatria.
Veja vídeo "ser moderno é que é!" em TV Bloco. 

Maria Belo, psicanalista, Marta Crawford e Cecília Costa, psicólogas, e os psiquiatras Manuela Silva, Álvaro de Carvalho e Ana Matos Pires esclareceram que não existe um sindroma pós-aborto e que os estudos da comunidade médica internacional são claros ao não estabelecerem a sua existência. Demonstraram também que os estudos apresentados pelo movimento "Não Obrigado" são estudos enganosos.

Os médicos e profissionais de saúde do movimento Médicos pela escolha manifestam-se chocados com o papel assumido por alguns profissionais de saúde partidários do "Não" que promovem uma total ausência de rigor científico e a desinformação da opinião pública. Pode aceder a mais informação sobre este tema no site dos Médicos pela escolha.

Hoje o Movimento Jovens pelo Sim entrega as assinaturas para a legalização do movimento.

Também hoje o Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo SIM realiza um grande jantar no Mercado da Ribeira, em Lisboa a partir das 20h.

Amanhã, Sábado, o Movimento Médicos pela Escolha realiza um encontro nacional no Auditório da Faculdade de Psicologia e Educação da Universidade do Porto entre as 14 e as 20h onde são oradores os professores Alexandre Quintanilha, Mário Sousa e Nuno Grande, as médicas Maria José Alves e Ana Campos e o médico Octávio Cunha

No Domingo todos os movimentos convergirão para Aveiro, havendo autocarros a partirem de diversos pontos do país. (mais informação)

Veja o clipe “O voto moderno no referendo”

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Participe
© 2020 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.