Atrasos nos Apoios Directos às Artes criar PDF versão para impressão
19-Mai-2010
A deputada Catarina Martins já questionou o Ministério da Cultura os atrasos nos apoios directos às artesNos procedimentos de concurso de apoio directo às Artes pelo Ministério da Cultura, os atrasos multiplicam-se. O Bloco de Esquerda já dirigiu perguntas ao governo.

É essa a situação nos concursos pontuais e também nos concursos anuais. A previsão neste momento é que os apoios pontuais sejam pagos apenas em Junho e que os anuais apenas em finais de Agosto, ou seja, no final do período em que deverá ter lugar a actividade que é suposto financiarem, pondo em causa o seu propósito.

Estes sucessivos atrasos acabam de facto por negar apoio ao inviabilizarem actividades ao longo da maior parte do ano, o que prejudica criadores e estruturas, mas também, e sobretudo, toda a população, que fica, inevitavelmente, com uma oferta cultural diminuída. Esta situação, grave em todo o país e prejudicial para todos os candidatos, é ainda mais penalizadora nos locais que já têm menos oferta cultural. Na esmagadora maioria dos concelhos portugueses, os concursos anuais e pontuais são essenciais à existência de uma agenda cultural diversa e com actividade profissional.

A ineficácia da Direcção Geral das Artes é responsabilidade do Ministério da Cultura. Aliás, as recentes intervenções públicas da Sr.a Ministra da Cultura, criticando os apoios directos às artes de forma violenta, fazem temer uma política de terra queimada em que o acumular de erros dos concursos a decorrer sirva para justificar o seu fim. Os processos de concurso têm erros e limitações que urge corrigir, mas são essenciais ao acesso ao investimento público na criação artística de agentes culturais de todas as gerações e de todo o território.

É urgente agilizar processos, prolongar o prazo limite para estreia/inauguração dos projectos financiados e alterar os regulamentos destes apoios directos para prevenir e corrigir a actual situação.

Aqui, aqui e aqui as perguntas que o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda já dirigiu ao Ministério da Cultura sobre esta questão.

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Últimas Internacional
Últimas Sociedade
tit_esquerda.png
Esquerda 40: Não tem que ser assim
Leia aqui o jornal "Esquerda"
Clique na imagem para aceder ao Esquerda 40 em pdf
Outros números do jornal Esquerda
Assinatura do Jornal Esquerda
Boletim Económico
Participe
Dois anos de Esquerda.Net
Deveria haver um bom motor de busca
[Continuamos a publicar os depoimentos dos leitores]
Visito o Esquerda.net 1 a 2 vezes por semana. Leio sobretudo notícias pouco ou nada cobertas pela imprensa corrente, artigos de opinião de alguns nomes que me interessam mais, às vezes os Sons da terra e podcasts sobre eventos do BE ou entrevistas, dependendo do tema.
A minha proposta é para todos os sites do BE: deveria haver um bom motor de busca (o do próprio software é muito débil e induz em erro) que permita pesquisas simples ou mais avançadas (booleanas, palavras adjacentes, por exemplo). O Copernic é um bom motor, freeware e creio que poderá ser usado como add-on neste software. É preciso testar e ver o resultado. À medida que crescer o fundo de notícias, precisamos cada vez mais de explorar a totalidade, retrospectivamente e, idealmente, independentemente do tipo de ficheiro que as suporte (texto, imagem, som). Seria um bom recurso de formação e difusão.

Paula Sequeiros, BE Porto



Educação em Debate
© 2017 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.