Realizador iraniano em greve de fome criar PDF versão para impressão
19-Mai-2010
Jafar Panahi apoiou a oposição a Ahmadinejad nas últimas eleições iranianasO realizador Jafar Panahi foi preso em final de Fevereiro por querer realizar um filme sobre as eleições iranianas. No Domingo passado entrou em greve de fome na prisão de Evin.

Jafar Panahi ganhou diversos prémios internacionais nos festivais de Cannes (1995 e 2000), Veneza (2000) e Berlim(2006) e está proibido de sair do Irão desde que manifestou publicamente o apoio à oposição a Ahmadinejad no Festival de Cinema de Montreal, no Verão passado. Vários dos seus filmes estão proibidos no Irão.

O realizador está em greve da fome desde Domingo passado e declara: "Juro sobre a minha crença, o cinema: não vou interromper a greve de fome até que as minhas vontades tenham resposta".

Jafar Panahi reivindica "contacto com a família e a garantia total da sua segurança, o direito de ter e de comunicar com um advogado, após 77 dias de prisão, e a libertação sem condições até ao dia do julgamento e do veredicto final".

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Últimas Política
Últimas Sociedade
© 2017 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.