Bloco quer que doentes tenham "direito de optar livremente" por genéricos criar PDF versão para impressão
21-Mai-2010
O Bloco pediu também a apreciação parlamentar do pacote do governoJoão Semedo anunciou a apresentação do projecto de lei. Os doentes terão o direito, mesmo quando o médico prescreva outro medicamento do mesmo grupo terapêutico.

O deputado João Semedo apresentou nesta Quinta feira um projecto de lei do Bloco de Esquerda para garantir aos doentes o direito de optar por genéricos, mesmo quando o médico não autorize a mudança.

Segundo a Lusa, o deputado bloquista disse que o projecto "pretende que, sem prejuízo do medicamento prescrito pelo médico, e sem prejuízo do aconselhamento farmacêutico que é habitual no balcão da farmácia, quem deve escolher o medicamento que leva deve ser quem o compra e quem o paga, o utente, o cidadão, o doente".

"É preciso devolver ao cidadão esta responsabilidade e este direito de optar livremente pelo medicamento que compra e que paga, naturalmente, de acordo com o grupo terapêutico que lhe foi prescrito", sublinhou João Semedo.

O deputado bloquista disse também que esta mudança permitirá uma poupança de 240 milhões de euros por ano: o Estado poderá poupar cerca de 160 milhões e os utentes 80 milhões de euros.

João Semedo anunciou ainda que o Bloco vai requerer a apreciação parlamentar do pacote governamental do medicamento, que não permite atingir nenhum dos objectivos enunciados: "diminuir os custos para a despesa pública, diminuir os custos para o utente e promover a venda de genéricos".

Segundo ele: "O único objectivo que conseguirá atingir é o que o Governo não explicita, é o aumento da receita e do lucro das farmácias, porque no pacote do medicamento há um aumento da margem destinada às farmácias que vendem os medicamentos".

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Últimas Internacional
Últimas Sociedade
tit_esquerda.png
Esquerda 40: Não tem que ser assim
Leia aqui o jornal "Esquerda"
Clique na imagem para aceder ao Esquerda 40 em pdf
Outros números do jornal Esquerda
Assinatura do Jornal Esquerda
Boletim Económico
Participe
Dois anos de Esquerda.Net
Deveria haver um bom motor de busca
[Continuamos a publicar os depoimentos dos leitores]
Visito o Esquerda.net 1 a 2 vezes por semana. Leio sobretudo notícias pouco ou nada cobertas pela imprensa corrente, artigos de opinião de alguns nomes que me interessam mais, às vezes os Sons da terra e podcasts sobre eventos do BE ou entrevistas, dependendo do tema.
A minha proposta é para todos os sites do BE: deveria haver um bom motor de busca (o do próprio software é muito débil e induz em erro) que permita pesquisas simples ou mais avançadas (booleanas, palavras adjacentes, por exemplo). O Copernic é um bom motor, freeware e creio que poderá ser usado como add-on neste software. É preciso testar e ver o resultado. À medida que crescer o fundo de notícias, precisamos cada vez mais de explorar a totalidade, retrospectivamente e, idealmente, independentemente do tipo de ficheiro que as suporte (texto, imagem, som). Seria um bom recurso de formação e difusão.

Paula Sequeiros, BE Porto



Educação em Debate
© 2017 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.