O Desabafo do Pai Natal criar PDF versão para impressão
26-Dez-2009

João Ricardo VasconcelosCaro João Ricardo,

Recebi a tempo e horas a curta carta que me dirigiste. Sublinho desde já que não tenho por hábito responder às cartas que recebo pois, como é sabido, apenas um de dois cenários comigo acontece: ou os meninos portam-se bem e recebem os seus presentes ou o contrário se verifica. No teu caso, João, até não te portaste mal. Mas a lista de presentes que me dirigiste é, digamos, um bocadinho complicada de se obter.

Pediste-me a paz, o pão, a habitação, a saúde, a educação. Pediste-me um mundo melhor. Um mundo mais justo, um mundo de liberdade, igualdade e fraternidade. Um mundo onde todos tenham lugar e tenham direito a ser felizes. No fundo, e trocado por miúdos, fizeste questão de integrar a lista dos que dirigem este tipo de wishful thinking para o Pai Natal. Não percebo... Eu sou o Pai Natal, mas devem-me achar com cara de Deus todo-o-poderoso ou algo do género.

O Pai Natal dá prendas. Dá brinquedos aos mais novos, dá chocolates aos amigos e dá pijamas e meias aos crescidos. O Pai Natal não consegue por si só embrulhar-vos um mundo melhor. Sejam razoáveis. Não atirem, por favor, para cima do Pai Natal a responsabilidade de concretizar aquilo que vocês parecem não querer conseguir.

Não é o Pai Natal que vos vai dar, com um passo de mágica, o vosso mundo melhor. São vocês que têm de o construir todos os dias, caramba. E o resto da cantiga vocês já estão fartos de saber: têm de acreditar no tal mundo melhor, têm de lutar por ele, têm de se esforçar a sério por ele, and so on, and so on, blá blá blá, blá blá blá..

Desculpa o desabafo, João, mas até aqui o velhote tem o direito de se passar um pouco de vez em quando. C’um caneco, sempre a chutarem para cima de mim as coisas que às vezes parecem não ter vontade de construir. É que, bem vistas as coisas (não digas a ninguém, por favor) eu não passo de uma figura que a Coca-Cola coloriu e vendeu ao mundo...

Abraço, porta-te bem e até para o ano, Pai Natal

 

João Ricardo Vasconcelos, politólogo, gestor de projectos e autor do blogue Activismo de Sofá

{easycomments}

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.