Director da Renascença acusa o Bloco: são extremistas criar PDF versão para impressão
26-Jan-2007
S_CabralO apoiante do “Não” e director da Rádio Renascença Sarsfield Cabral usou a antena da rádio que dirige, para numa nota lida em antena, acusar o Bloco de Esquerda de “fúria persecutória” e de ser uma partido extremista. Sarsfield Cabral tentou contrariar assim a acusação do Bloco de que tinha apresentado um livro de um blog ligado à extrema-direita. A deputada do BE Helena Pinto dirigiu uma carta aberta ao director da Rádio Renascença e colaborador do «Blogue do Não» à despenalização do aborto, Sarsfield Cabral, afirmando «estranhar» ligações daquele site a conteúdos fascistas.
«Tudo isto é ridículo. E mostra uma fúria persecutória da parte do BE que me parece lamentável», afirmou Sarsfield Cabral, numa nota lida em antena na Rádio Renascença.
O director da RR acusa o BE de, na questão do aborto, «andar com falta de ideias políticas e de argumentos».
«A título pessoal, colaboro com o Blogue do Não e participei no lançamento de uma colectânea de textos que apareceram no Blogue. E fi-lo porque o Blogue do Não é moderado, tolerante, nada radical», salienta, acrescentando que «se há alguém extremista aqui é o BE, de extrema-esquerda».
Na base das acusações do BE está uma categoria, no «Blogue do Não», de «links» designados «Blogues Alinhados», nos quais se encontra o blogue «Pela Vida», com textos de Pedro Guedes, que foi, segundo Helena Pinto, «o cabeça de lista do Partido Nacional Renovador nas últimas eleições europeias e é um dos promotores do blogue nazi Último Reduto».
Outro dos colaboradores do blogue «Pela Vida» assina-se «camisa negra», sendo possível, através do perfil daquele colaborador aceder a um outro blogue do mesmo autor, intitulado «Fascismo em rede».


 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Participe
© 2020 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.