desfazer os mitos e assumir a prevenção criar PDF versão para impressão
16-Mar-2007
fatima_palma_jornadas_1Fátima Palma é médica na Maternidade Alfredo da Costa e coordena o projecto «mais vale prevenir» que desde há 3 anos integra médicas, assistentes sociais, psicólogas e enfermeiras. Fátima Palma frisou que a maioria das raparigas que ali chegam à consulta "já não vão à escola e não cumprem sequer a escolaridade obrigatória". Nas jornadas parlamentares do Bloco de Esquerda a médica apresentou um estudo sobre a «avaliação das práticas contraceptivas das mulheres em Portugal», sublinhando que ainda existem muitos mitos em relação aos métodos contraceptivos. Ainda assim, segundo o estudo, 90% das mulheres dos 15 aos 19 anos dizem utilizar pelo menos um método contraceptivo, baixando a fasquia para os 68% na faixa etária dos 45 aos 49 anos. No entanto, só 20% das mulheres usam em simultâneo a pílula e o preservativo e 38% das mulheres afirma fazer «o descanso» da pílula, mais u dos mitos que é importante desconstruir.

Veja aqui o estudo apresentado por Fátima Palma em ppt
Veja em pdf

 

 

 

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
tit_todosdosiers.png
© 2020 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.