Ora Ota criar PDF versão para impressão
17-Abr-2007

TGVPois é, vejo que Portugal continua a reagir, não como o país desenvolvido que é.

Compara-se com a Alemanha, a França e até os EU, ou, então com a Roménia ou o diabo a sete. Oito ou oitenta. Mas devia comparar-se com uma Dinamarca, uma Áustria ou, até com uma Bélgica, por exemplo.

Opinião de Tito Lívio Santos Mota

Há muito mais capacidade de financiamento em Portugal do que se quer admitir.
Parem de fazer auto-estradas que dobram auto-estradas e talvez chegue o dinheiro para alguma coisa. Isto sem falar em despesas militares...

A Ota tem a vantagem de ficar perto de Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Leiria, etc.
A linha de TGV Porto Lisboa é inquestionável porque senão vai acontecer como noutras tantas ocasiões, em Portugal e, também com a linha Lest Europe francesa.

Perde-se tempo e dinheiro com questiúnculas quando se sabe que historicamente, cada vez que se fez uma linha de TGV entre cidades capitais e capitais regionais, o tráfego aumenta exponencialmente e depois fica-se a criticar o atraso e o tempo perdido, esquecendo que o tempo perdido se deve a falta de visão.

Todas as principais zonas do país a menos de 3 horas umas das outras, é isto o TGV.

Oportunidade única de aproveitar um cobre europeus para desenvolver o nosso interior que tanta falta tem.

Portugal não é só a faixa atlântica e, paradoxalmente, o TGV Norte/Sul, dá serventia para o interior, contando que haja plataformas com o serviço ALFA e se continue a melhorar o serviço das principais linhas convencionais.

O argumento segundo o qual os madrilenos viriam de comboio para apanhar o avião em Lisboa é desmentido por muitos casos.

Ninguém vai de TGV apanhar o avião em Paris, a partir de Bruxelas. Fazem correspondência directa por avião , o que limita os tempos de chek-in, o que é o principal defeito do avião em relação ao comboio.

Montpellier e Marselha estão a 3h de Paris por TGV. Também aqui ninguém vai de comboio até Paris, ou muito poucos, maugrado a existência da estação TGV Roissy-Charles de Gaulle.

Quem usa essa ligação comboio/avião, são os habitantes das estações intermédias como Valence, ou Chalon, onde não há aeroporto.

Reparem que em Portugal se passa o mesmo com o Porto.

Porto Caracas, vai-se directamente de avião com escala ou mudança na Portela, e não de ALFA até à Portela.

Quanto ao impacto ambiental.

Um aeroporto no meio de uma zona de paragem de aves migradoras, como é o Mar da Palha.

Não lembra ao diabo.

E depois, como é, treinam-se falcões como em Amsterdão ?

Para terminar devo dizer que detesto pessoalmente o Sr. Sócrates mas, meus caros camaradas, não fica bem uivar com os lobos da direita só para fazer perrisse anti-PS.

Espero bem que não seja o caso.

Tito Lívio Santos Mota
Um socialista Marxista (da esquerda antiga, já se sabe)
Que vota no Bloco

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
tit_otaemdebate.png
tit_esquerda.png
Esquerda 40: Não tem que ser assim
Leia aqui o jornal "Esquerda"
Clique na imagem para aceder ao Esquerda 40 em pdf
Outros números do jornal Esquerda
Assinatura do Jornal Esquerda
Participe
Dois anos de Esquerda.Net
Deveria haver um bom motor de busca
[Continuamos a publicar os depoimentos dos leitores]
Visito o Esquerda.net 1 a 2 vezes por semana. Leio sobretudo notícias pouco ou nada cobertas pela imprensa corrente, artigos de opinião de alguns nomes que me interessam mais, às vezes os Sons da terra e podcasts sobre eventos do BE ou entrevistas, dependendo do tema.
A minha proposta é para todos os sites do BE: deveria haver um bom motor de busca (o do próprio software é muito débil e induz em erro) que permita pesquisas simples ou mais avançadas (booleanas, palavras adjacentes, por exemplo). O Copernic é um bom motor, freeware e creio que poderá ser usado como add-on neste software. É preciso testar e ver o resultado. À medida que crescer o fundo de notícias, precisamos cada vez mais de explorar a totalidade, retrospectivamente e, idealmente, independentemente do tipo de ficheiro que as suporte (texto, imagem, som). Seria um bom recurso de formação e difusão.

Paula Sequeiros, BE Porto



Educação em Debate
© 2017 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.