Não acham que a localização do IPO merecerá um debate? criar PDF versão para impressão
14-Jun-2007

IPOPorquê a sua deslocalização? A quem poderá interessar? Justifica-se um IPO ou não?
Qual o papel de hospitais ou centros especializados na actual rede de cuidados de saúde?
O IPO é de Lisboa ou de uma região (sul)?
É ou não possível reconstruí-lo na sua actual localização?
É ou não um dos locais mais centrais de Lisboa?
Opinião de José Pestana

É ou não um dos locais com uma das melhores  acessibilidades imagináveis (via rápida, metro, comboio, central de camionagem), para Lisboa e o sul do país?

Porque é que será que o principal argumento para a sua deslocalização é a falta de acessibilidade?

Que acessibilidade teria Oeiras?

Como se financiará?

Com a venda?

Para quem?

Com que projectos

E poderíamos continuar por aqui fora...

Venha o debate e procurem-se as verdades

José Pestana

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
tit_otaemdebate.png
tit_esquerda.png
Esquerda 40: Não tem que ser assim
Leia aqui o jornal "Esquerda"
Clique na imagem para aceder ao Esquerda 40 em pdf
Outros números do jornal Esquerda
Assinatura do Jornal Esquerda
Participe
Crise Financeira Mundial
Reforma de 186 euros, depois de trabalhar 35 anos
O nosso leitor Armando Soares, conta-nos a revolta da sua esposa: "com a mesma idade que eu (60 anos) começou a trabalhar antes dos 10 anos, a descontar aos 14, sempre trabalhou, sempre descontou, até que um dia tinha ela 50 anos, o patrão resolveu fechar a empresa (...) Terminou o desemprego próximo dos 55 anos, meteu reforma antecipada, ganha actualmente 186 euros, trabalhou uma vida 35 anos, qualquer rendimento é maior do que o ordenado dela (...)".
Publicamos ainda opiniões de Luís Peres e José Lopes.

Ler Mais
Educação em Debate
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.