Europa criar PDF versão para impressão
26-Ago-2007

eu_img.jpgHoje, construir uma sociedade diferente em Portugal não pode ser feito à margem das políticas europeias. Até porque Portugal assume este semestre a Presidência da União Europeia e José Sócrates prepara-se para acordar com os seus congéneres um novo tratado europeu sem ouvir as populações. O Bloco de Esquerda tem na rua uma campanha contra o voto de silêncio que nos querem impôr: com Renato Soeiro debatemos o embróglio do "Tratado Europeu".
Para a extrema-direita, que não tolera diferenças culturais e religiosas, a Turquia não pode ser Europa. Mas há também quem seja de esquerda e discorde que um país pouco respeitador dos direitos humanos tenha lugar num projecto europeu que se quer comprometido com a liberdade e os Direitos. Para polemizar esta questão, François Georgeon lança o debate "Turquia e União Europeia".
E porque um projecto socialista não tem fronteiras, na sessão "Parcerias Europa-África", Mónica Frechaut debruça-se sobre a necessidade de uma política externa europeia que abandone relações neocoloniais e promova a solidariedade, a caminho de um mundo menos desigual. Também com Ricardo Paes do Amaral e Miguel Portas, estarão em jogo algumas das contradições da "Integração Europeia e Política Económica". Com "Europa e Neoliberalismo", Miguel Portas, deputado europeu do Bloco de Esquerda, lança as alternativas sociais, democráticas e ecológicas para uma Europa que se quer ao serviço dos povos e não à mercê de uns poucos.

Textos de apoio:

Pragmatismo e demagogia “resolvem” a questão do Tratado, por Renato Soeiro

Acordos de Parceria Económica (APE), por Mónica Frechaut 

Ataturk e Laicidade, por François Georgeon (em espanhol)

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
tit_todosdosiers.png
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.