Multimilionário diz que a especulação é a principal causa da alta do petróleo criar PDF versão para impressão
04-Jun-2008
George Soros é um dos maiores especuladores do mundo e reconhece que a especulação está na base da subida do preço do petróleoO multimilionário George Soros - ele mesmo o maior investidor de fundos privados do mundo - afirma que a principal causa para o aumento dos preços do petróleo é precisamente a especulação. Em entrevista ao "Daily Telegraph", Soros defende que apesar da queda do dólar e do aumento da procura na China influenciarem os preços da matéria-prima, são os especuladores que mais fortemente afectam a subida de preços, que começam a "ter a forma de uma bolha".  

Na semana passada, petróleo atingiu um novo máximo ao negociar, pela primeira vez, acima dos 135 dólares por barril e começa a "ter a forma de uma bolha", afirmou Soros. Segundo o multimilionário, está bolha não vai rebentar enquanto os Estados Unidos e o Reino Unido não entrarem em recessão. Mas quando isso acontecer os preços vão cair de forma dramática. "Podemos antecipar que esta bolha vai corrigir mas é pouco provável que isso aconteça antes da recessão económica reduzir a procura", explicou Soros nesta entrevista.

Apesar da queda do dólar, da manutenção da oferta no Médio Oriente e do aumento da procura na China influenciarem os preços da matéria-prima, é principalmente a especulação que tem determinado a subida dos preços dos combustíveis, defendeu o multimilionário.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
tit_todosdosiers.png
© 2020 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.