Casamentos entre pessoas do mesmo sexo – PS promete prometer criar PDF versão para impressão
19-Jul-2008
Victor FrancoO PS, com a conivência da JS, está a promover uma campanha de escamoteamento de mais uma subordinação ao conservadorismo quanto ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. A retórica e a proclamação de Sócrates é farta. Mas é peneira para tapar o sol. À JS a situação também é oportuna - finge que se esforçou muito.

"Muitas vezes é difícil conseguir que as nossas bandeiras se concretizem nesta casa (AR)" disse Ana Catarina Mendes, no que é um sinónimo da mais cristalina impotência e inutilidade. Então se Ana Catarina Mendes não consegue impor as suas bandeiras com maioria absoluta quando é que o conseguirá?

Mas tem mais. O PS, com esta campanha, pretende dar uma imagem de esquerda, respeitadora dos direitos humanos, evitar perder espaço político para o BE (porque o PCP, entalado, diz, em todas as vezes em todos os anos, que é preciso um grande debate nacional) e ganhar apoio dos movimentos sociais para as próximas eleições legislativas.

Ou seja, o PS promete que vai prometer.

A ter em conta o conjunto de promessas que o PS fez, e tem sucessivamente violado, a coisa parece ter mau destino. É que se faltar à promessa é fácil, para o PS, faltar à promessa de prometer ainda mais fácil deve ser. E entretanto fala-se menos da política do governo.

A JS e o PS só tinham uma atitude respeitadora para com todos os direitos de todas as pessoas: legalizar de imediato o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Victor Franco

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.