Plataforma Contra as Violências de Género criar PDF versão para impressão
25-Nov-2008
Encontro da Plataforma Unitaria Contra les Violencies de GènereA “Plataforma Unitaria Contra les Violencies de Gènere” tem cinco anos de existência e começou o seu trabalho com um grupo de 50 mulheres, voluntárias, que de forma organizada trabalhavam diariamente no seu espaço habitacional (num bairro de Barcelona) com mulheres que eram maltratadas. Notavam, contudo, que faltava uma resposta mais sistemática e eficaz e assim foram chamando a si diferentes organizações e associações de mulheres, assim como colectivos de moradores. Todos os anos, no dia 25 de Novembro, organizam uma acção de rua que permita “quebrar” com o silêncio.

 

Mas o trabalho isolado depressa se mostrou pouco eficaz  pelo que elaboraram o Manifesto e criaram a plataforma que integra mais de uma centena de organizações de homens e mulheres, grupos políticos ou politizados, organizações governamentais e escolas, entre outras instituições. Em Novembro de 2004 criaram vários conselhos de mulheres, por bairro, que todas as terças feiras de cada mês lêem publicamente o manifesto e preparam um pequeno evento: leitura de poesia, atelier de pintura, etc). É neste âmbito que aparece o grupo de expressão corporal “Dones de blanc”.

Apelando à solidariedade inter-institucional, organizaram este ano o I fórum Internacional Contra as Violências de Género que culminou com a  constituição de uma rede de trabalho a nível europeu que actuará durante todo o ano para acabar de vez a violência contra as mulheres. A violência física, psicológica ou simbólica é um problema político, não é um problema individual da cada pessoa e nem se resolve isoladamente no espaço privado. É um problema que tem a sua raiz na sociedade patriarcal e é preciso que todos - homens e mulheres -trabalhem todo o ano para que se possa erradicar de uma vez.


Grupo “Dones de Blanc”

Reúne-se todas as segundas feiras entre 19h e as 21h e integra mulheres de diferentes faixas etárias e extractos sociais. Todas as mulheres que de algum modo se queiram expressar contra a violência de género encontram neste grupo um espaço (ver foto)

Nestes encontros, mulheres de todas as idades e extractos sociais procuram formas de expressão no combate à violência.

 

“Associació dones no estàndard”

Uma associação que nasceu a partir da necessidade de evidenciar a violencia que se exerce diariamente contra as mulheres e especialmente aquelas que tem algum tipo de incapacidade. 

 
Artigo seguinte >
tit_todosdosiers.png
© 2019 Esquerda.Net
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.