E se os imigrantes pudessem votar?
07-Mar-2008

4 milhões de cidadãos não podem votarVivem aqui, trabalham aqui, pagam os seus impostos aqui, mas não podem votar. Os imigrantes regularizados são um importantíssimo colectivo que reivindica este direito, e era questão de tempo até que alguém se lembrasse de criar um "banco de votos" em que, voluntariamente, os espanhóis que se abstenham possam ceder o seu voto a um estrangeiro residente.

Texto de Pablo Romero, no El Mundo 

Por um lado, em Espanha vivem quase quatro milhões de estrangeiros com autorização de residência. Por outro, mais de sete milhões e meio de espanhóis abstiveram-se de votar nas últimas eleições gerais em 2004.

Este ano, a diferença de voto que mostram as sondagens entre PP e PSOE está tão ajustada que qualquer mínima inclinação da balança poderia ser decisiva para que pudessem governar uns ou outros. Neste contexto, o voto imigrante valeria o seu peso em ouro.

 Foi lançada uma campanha (Vota por mi) para que os abstencionistas cedam o seu direito de voto aos imigrantes.